Padre é excomungado após se declarar a favor dos homossexuais

O padre Roberto Francisco Daniel, 48, foi excomungado nesta segunda-feira (29) pela Diocese de Bauru (SP), à qual estava subordinado, logo após ter dado declarações a favor dos direitos dos homossexuais. 











Com a decisão, padre Beto, como é conhecido, está proibido de celebrar cultos e de receber a comunhão. Ele poderá receber a eucaristia somente na condição de leigo, mas desde que recorra da decisão e demonstre "verdadeiro" arrependimento pelos seus atos. Em nota, a diocese de Bauru informa que o comportamento do pároco caracteriza heresia e cisma, condutas que ferem o cânone 1.364 do Código de Direito Canônico. A pena para esses delitos é a excomunhão. "O referido padre feriu a Igreja com suas declarações consideradas graves contra os dogmas da Fé Católica, contra a moral e pela deliberada recusa de obediência ao seu pastor (obediência esta que prometera no dia de sua ordenação sacerdotal), incorrendo, portanto, no gravíssimo delito de heresia e cisma", informa a nota, que nega relação entre a defesa dos homossexuais e a exclusão do sacerdócio.

0 comentários :